Saúde’ reforça importância da vacinação de Meningo C para profissionais da área

Unidades de Saúde e Central realizam a imunização

Saúde’ reforça importância da vacinação de Meningo C para profissionais da área

A vacinação contra a meningite continua disponível para todos os profissionais de Saúde em Fernandópolis. Poderão ser imunizados aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais, tanto os profissionais da saúde como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares – quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas.

A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde (atuando em campo de estágio, na assistência). Para receber a dose, basta procurar a Central da Saúde das 08h às 14h ou a unidade de Saúde do bairro das 09h às 13h. O imunizante estará disponível até fevereiro de 2023 para esse público de trabalhadores.

 

SOBRE A MENINGITE

A Neisseria meningitidis (meningococo) é uma das principais bactérias causadoras de meningite. Os indivíduos podem variar do quadro de portadores assintomáticos da bactéria ao desenvolvimento da doença meningocócica (DM) podendo essa ser fulminante. Devido a sua gravidade, evolução rápida e potencial de causar epidemias, a DM é tida como um problema de saúde pública, sendo uma importante causa de morbimortalidade no mundo, em especial nas crianças menores de cinco anos de idade. Em situações de surtos observa-se uma importante distribuição da DM entre os adolescentes e adultos jovens. Entre os sorogrupos com importância epidemiológica na distribuição da doença meningocócica, destacam-se seis (A, B, C, Y, X, W), sendo que a ocorrência de cada um varia conforme o país ou região no mundo. A vacinação é uma das principais formas de prevenção contra a doença.